Annástria Vol. I






"Annástria e o Píncipe dos Deuses"

A história se passa em vários ambientes. Um dos ambientes é o reino Annástria. Os deuses dessa
dimensão estão em conflito por causa de uma profecia. Memória e Strass sãos os deuses supremos, e Satine
é a deusa das Trevas. Tudo começa quando uma profecia declara que Annástria está a beira de cair, o filho dos deuses apaixona-se por uma mortal e a partir daí uma séria de desventuras começam a acontecer. De acordo com a profecia a única esperança de Annástria é o filho de Strass, o pequeno Darin. Satine envia seu mais leal servo, Rorek, para pegar o filho de Strauss.
Darin tinha asas de anjo quando era bebê, mas Rorek as cortou, e com isso Darin perdeu parte da sua divindade. Ele é deixado aos cuidados de Pandora para viver entre na dimensão dos humanos.
Darin precisara da ajuda de uma garota chamada Ímpar para completar sua missão. Juntos eles precisam vencer 7 desafios e recuperar as penas das asas de Darin. 
Annástria e o Príncipe dos Deuses" é o primeiro volume da Trilogia Annástria.







Trilogia Annástria

Livro I

Annástria e suas divindades:

Annástria é considerada uma importante e elevada dimensão. No contexto da história existe as dimensões principais e as várias dimensões intermediárias que são chamadas de " colônias"; o poder é exercido, em principal, pela deusa Memória e seu parceiro, o deus Zolum.
       A idéia de um universo dominado pelo ideal feminino é inspirado na divindade exaltada pela Wicca. Zolum é inspirado na idéia de um deus um tanto menos fraterno, melhor relacionado com questões ligadas a conquistas, batalhas, bravura e ideal racional acima do emotivo. Já a deusa possui três faces, Memória ( mãe e amor), Florença ( natureza e fertilidade) e Kérbera (morte e renascimento). Juntos os deuses possuem dois filhos; Roreck, o primogênito, e Strauss, o favorito do povo annastriano.
      A deusa possui uma irmã chamada Satine, a deusa que reino no submundo das trevas; territóriorio destinados a todos que carregam a extrema maldade em si.
      Na história Satine domina um submundo gelado e hostil. Seus seguidores são seres demominados Obcessores. Tais seres são desprovidos de alma e carregam consigo um estranho cristal que aumenta seus poderes. Cada Obcessor tem gravado na pele a imagem de um animal peçonhento que o melhor represente. Eles alimentam-se da energia roubada de outros.
     A deusa das trevas tem, supostamente junto com Roreck, dois filhos; William, o mais velho, e Maya, uma verdadeira Peste Negra.

   
     A Queda:

       Annástria costumava ser uma das dimensões mais perfeitas e elevadas, encarnavam nela os espíritos de grande grau evolutivo. No decorrer de sua história Annástria evolui e atinge longo apogeu, porem seu famoso e ostentado equilíbrio é quebrado quando Strauss envolve-se com uma mortal, a ingênua Serenite, moça pertencente a nossa dimensão. Paralelo a isso, Roreck apaixonasse por uma das feitiçeiras mais poderosas de Annástria e grande amiga da deusa, a jovem chamada Angelina. Seu amor pela feitiçeira não é correspondido. Após forçar a jovem a enamorar-se com ele, Roreck é rejeitado. O ódio e rancor faz com ele acabe unindo-se a Satine. Roreck também nutre grande inveja por seu irmão caçula ser o favorito do povo annástriano e por Serenite corresponder a seu amor.
       Juntos, Satine e Roreck, planejam destruir Annástria. Os dias áureos de Annástria estão contados. Reza uma profecia que o filho de Strauss e Serenite seria capaz de impedir o triunfo das trevas. Roreck descobre sobre a profecia e quando o bebe (Darin) nasce, ele corta suas asas. As asas do bebe representam sua parte divina, sem elas o jovem Darin torna-se vulnerável a mortalidade e as trevas.
        Angelina consegue salvar uma única pena das asas da criança uma vez que as demais foram espalhadas pelo ares. Com essa única pena a feitiçeira realiza um feitiço que acaba por criar Artenis, o ser protetor que representa parte da alma de Darin.
        De acordo com a profecia as penas só poderiam ser recuperadas através de sete desafios. Darin precisa provar ser merecedor e digno de recuperar sua divindade e salvar seu reino. Ele contará com a ajuda de uma misteriosa garota chamada Ímpar.
       
        Darin e Ímpar

       Darin vive sua infância, longe de Annástria, aos cuidados de Pandora. Durante muito tempo ele mal sabia a que estava predestinado. Ele aparece como um personagem sonhador e otimista.
       Ímpar é envolvida de mistério. Ela surge na história como uma garota poderosa, porém lamentavelmente tola e facilmente manipulável. A jovem é responsável por proteger um anel sagrado. O brilho do anel é perigoso, pois revela ás trevas a sua localização. O desafio dela é saber controlar suas emoções. Ímpar é a protegida da fênix Aradios.
      Logo no primeiro livro a tola jovem comete seu mais grave erro: apaixonar-se por William.

  A Narrativa

      O livro I é o único da série a ter sua narrativa na terceira pessoa. A idéia é que os protagonistas começam muito imaturos, mal sabem o peso de sua missão, ainda são ingênuos e inseguros, portanto não estão preparados para narrar ou dar voz à história.
     

FanPage Trilogia Annástria